Cancelou.com

Dúvidas? É só ligar

Por que um voo é cancelado?

Cancelou.com

Você já passou por isso? Entenda os principais motivos para um voo atrasar ou até mesmo ser cancelado.

Por que um voo é cancelado? Cancelou.com 21/01/2020

Não é incomum que este tipo de imprevisto ocorra e a causa pode estar ligada a várias possibilidades. Trouxemos 05 dos principais motivos para um voo entrar em atraso ou até mesmo ser cancelado. 

De acordo com dados o Brasil é um dos países que tem a menor taxa de atrasos, saindo na frente dos Estados Unidos por exemplo. No Brasil a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) adota o tempo limite de 30 minutos de tolerância, já nos EUA 15 minutos. O interessante é que o tempo total de atraso das companhias aéreas brasileiras têm somado em no máximo 15 minutos, ou seja, mesmo comparando com critérios mais rigorosos as companhias brasileiras têm se saído bem. 

A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) esclarece quais são as principais causas para um voo atrasar: 

1) Problemas Meteorológicos: 

Em alguns casos dependendo da situação do tempo pode-se gerar riscos na segurança do voo, como fortes tempestades, rajadas de vento, nevoeiro… e para preservar a segurança os cuidados são reforçados ocasionando em atrasos. 

Em São Paulo, por exemplo, as fortes chuvas geralmente fecham o aeroporto de Congonhas no verão, por prejudicar a visibilidade. Já o vento forte prejudica as aeronaves tanto na decolagem quanto no pouso. 

2) Incidentes na pista: 

Pouso de emergência, pneu de trem de pouso furado e surgimento de buraco na pista são algumas ocorrências que podem causar atrasos. A presença de animais, na pista e em suas proximidades, também impacta a operação: é preciso eliminar o risco de que possam ser sugados por um motor em funcionamento. 

3) Falhas técnicas 

Problemas no funcionamento de radares, instrumentos de pouso e luzes da pista também podem acontecer e gerar atrasos na malha aérea. 

4) Taxa de ocupação 

Quando nem todos os assentos estão ocupados, em algumas companhias aéreas, espera-se juntar com outro voo que também possui uma grande quantidade de assentos vazios. E até que isso aconteça, há o atraso do voo. 

5) Efeito cascata 

Todas essas adversidades costumam causar o chamado efeito cascata, quando um problema em um aeroporto desencadeia atrasos em toda a malha aérea. Isso acontece porque um avião que deveria estar no aeroporto B ainda está em solo no aeroporto A devido à presença, por exemplo, de um drone que impede sua decolagem. Consequentemente esta mesma aeronave deveria seguir, após o aeroporto B, para o aeroporto C, e assim sucessivamente.